Coitadismo musical

Se você nunca ouviu falar, o dicionário VeryJess define para você:

Coitadismo é o termo empregado para a pessoa que encara a sua vida como algo extremamente triste, como se ela sofresse, todo mundo a odiasse e a vida dela é uma droga e ela simplesmente não pode fazer nada para mudar. Ela não tem chances de ser uma pessoa brilhante, ou de conquistar o amor da sua vida, ou qualquer coisa. Resumindo: ‘tenham pena de mim! feelings’


Enquanto muita gente com alguma deficiência, ou absolutamente pobre, ou então que cresceu em uma família desestruturada está aí dando a cara a tapa e correndo atrás de ser feliz, o coitadismo faz com que qualquer ser hiperbolize seus problemas e tenha dó imenso de si.

Você reconhece o coitadismo quando você quer contar um problema para a pessoa, e ela diminui seu problema, porque o dela é SEMPRE maior.

Dando uma olhada nas músicas do meu mp4, eu achei muita mulher deprimida que precisa olhar no espelho e parar de pensar no cara errado XD. Mas essas músicas proporcionam um verdadeiro momento de empatia quando você estiver numa crise emo. Claro que isso é maneira de falar, nem sempre a música expressa o sentimento do intérprete.

Clique no título da música para ver a tradução e video no Youtube, se estiver disponível.

1. Life for rent – Dido

Rainha das músicas depressivas, a cantora Dido leva isso muito a sério. Mas vamos concordar que ela arrasa.

If my life is for rent
And I don’t, learn to buy
Well I deserve nothing more than I get,
‘Cus nothing I have is truly mine

2. Lying to you – Schuyler Fisk

Se a Dido é a rainha, esta certamente é a princesinha do “meu amor me deixou, meu mundo acabou”. Sério, ouvir esta música suga toda a minha serotonina.

I’m not nervous
I’m not worried
I don’t think about you (…)
Truth be told, I’m just lying to you
I’m just lying to you

3. My party is better than yours – Emmy, the Great

Uma voz doce, de timbre agradável, ela tem músicas muito boas. Mas se de fato ela foi inspirada por alguém ao compor esta música, eu concordo totalmente que ela tenha sido abandonada. Acho que até a mãe dela deve ter preguiça destes momentos emoxinha dela. Ouçam a voz de choro!

But you’re not my friend anymore
You’ve made your position quite clear from your distance
What crime have I done that negates my existence? (…)
I hate you, I hope that you die (…)
And I hate you as much as I miss you

4. Change is hard – She & Him

Esta é uma baladinha triste, não considero coitadismo musical, mas se encaixa nos momentos emos também. Fora que She & Him deve ser ouvido o tempo todo, independente da situação XD

I’m all outta luck but what else could I be?
I know he’s yours and he’ll never belong to me again.(…)
So I’ll keep my head down
If you keep it quiet from now on.
In the halls I’d rather hear silence than the bell of new love.

5. Lonely – Yael Naïm

A letra é motivadora, fala sobre uma pessoa que colore a vida de alguém que se sente tão só. Porém o refrão é aquele momento de encher os olhinhos de lágrima.

That you are so lonenly
You are so alone
You’re so alone
You’re so lonely, so lonely

6. To be free – Emiliana Torrini
Voz doce e melancólica, desta bela cantora finlandesa.

I stayed beside him
Until I had no hope (…)
Would you mind telling me
Why I don’t know what to do with myself?

7. My lover will go – Ane Brun

A letra não é tão melancólica quanto a voz da cantora. Isso é uma característica marcante em todas as músicas dela, e como isso combina com ela, o trabalho ficou muito bom.

What am I gonna do
I am crying a bottle of wine over you
This is something I don’t usually do
But I’m crying a bottle of wine over you

Para dar um jeito na sua vida emo, sugiro que você siga o @caodadepressao.

Economizem o meu tempo trollando ou moderando comentários como: ela só está falando mal das cantoras, mas é super emo e fica ouvindo musiquinha de loser. São músicas boas, apenas decidi fazer uma temática de músicas tristes, e aproveitei para falar de coitadismo também. Grow up, champz!

Anúncios

Um comentário sobre “Coitadismo musical

  1. Legal! Eu não gosto desse gênero de letra mas gosto bastante da Dido.
    Esse final de semana eu fiz exatamente o q vc disse: “olhar no espelho e parar de pensar no cara errado”.
    Eu mereço muito mais! xD

Deixe o seu comentário ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s