Facepalmização dos dates

Para quem não entendeu o título, eu sou cordial com os noobs (afinal, eu também sou uma), portanto o dicionário VeryJess responde para vocês: Facepalm consiste no gesto de colocar a mão no rosto e acontece naquele momento em que você você ouviu algo que lhe deu vergonha alheia, ou foi de fato frustrante ou embaraçoso.
É exatamente isso.
Date é encontro amoroso, em inglês. Ou seja, aquilo que você só conhece dos filmes mas nunca terá.
Conversando com a @suco_de_uva, a gente percebeu que é muito difícil gostar de um cara apenas por uma simples conversa, ou dar assunto a um estranho que surge em um encontro inesperado. Ele chega, te achou bonitinha, quis puxar conversa, o que fazer? Bom, chegamos à conclusão que esse tipo de encontro é, em 99.9% das vezes, altamente ciladoso. Aí então você nos pergunta: por quê?

Olha o quanto é fácil encontrar sua soulmate:

Fonte: Capinaremos.
Eis as respostas: 7 momentos facepalms que você pode ter, por causa de um date mal selecionado.
1. Gosto musical
Sabemos que compatibilidade musical nos dias de hoje é algo difícil de se encontrar, com tantas opções, e com tanta facilidade que temos para encontrar grupos absolutamente estranhos e doidos da Rússia (não é @eduardomps?), achar alguém que curte o que você curte, de fato não é fácil. Todavia, nem por isso você precisa estar com alguém que é uma verdadeira negação quando o assunto é música, não é?
Situação: você já deu chance para o cara conversar com você, o celular dele toca: ♫ VOCÊ É RAIO DE SAUDAAAADE METEORO DA PAIXÃO, EXPLOSÃO DE SENTIMENTO, QUE EU NÃO PUDE ACREDITAR ♫ 
PRECONSSEITO COMTRA SERTANEJO UNIVERÇITÁRIO VIU!
OMG, queria ser um polvo pra poder fazer mais facepalm.! Você quer rir e não pode, quer fugir e não tem como. Quem mandou se meter com estranhos?
2. Inclusão Digital Maledeta
O carinha começa então a falar que curte muito internet, e resolve te mandar o link do blog dele, que segundo ele é super visitado e muito engraçado. Pela propaganda, você está esperando uma espécie de Não Salvo, Capinaremos, ou Luide e o Tempo. Então você clica no link, o primeiro post que vê é o famigerado vídeo do Joseph Climber (se você usar o google para entender isso, saia do meu blog, pls). Ele te pede pra ver o vídeo, falando que é hilário. Neste momento até sua avó que não sabe ligar o computador passa por perto e diz: nossa, que coisa mais old, quem é o loser que te passou isso?
Se você continuar nessa vida, você apresentará deformações faciais.
3. Carência
Você se empolga com a aproximação dele e decide deixar ele prosseguir com isso. Puxa que legal, como ele parece atencioso. E então começam sms de bom dia, boa tarde e de boa noite. Tudo o que você diz ele retuita. Ele sempre lhe pergunta coisas fofas e sempre lhe diz coisas fofas, e sempre, eu disse SEMPRE, está morrendo de saudade. E se você sumir 2 minutos do msn (para socorrer refugiados de um desastre natural para ir ao banheiro), ele já começa: você me abandonouuuuu!!!!!!!!!!!!! (exclamações deveriam ser cobradas, assim as pessoas não usariam tanto).
Então ele começa a não parecer tão legal, esse amor todo começa a lhe causar diabetes, e você começa a se perguntar: por que diabos eu passei meu telefone para esse stalker carente psicopata? #facepalm
4. Amor paga as minhas contas, baby

Não quero dinheiro, quero amor sincero.

O cara fala sobre videogame, livros, é legal, engraçado. Então você descobre: 26 anos, nem terminou o ensino médio. E bom, enquanto você está atrás do mestrado, ele está tentando dar o fora do emprego atual dele e ficar por uns tempos curtindo o seguro desemprego. Ele diz que quer coisa séria, mas nem fala em estudar, afinal, essa vida é pura brinks, não é mesmo? De certo, na próxima encarnação ele vira homem…ou não. Matar o Browser e acreditar que cartinhas e presentinhos vão pagar as contas no fim do mês é a idéia que ele tem da vida. E você descobriu isso quando já era tarde demais. #facepalm

5. “Tô viajando na onda dessa menina que dá aula de inglês”
Hey Loser, Hey Loser!

Não, não é um momento de preconceito com quem não sabe a língua. Mas todos vivemos em um país que se ensina inglês nas escolas. Portanto é facepalmeável quando você cumprimenta com um: Hi! e ele já diz de cara: não fala em inglês que eu não entendo.

6. Purpurinado
O cara disse que ia te procurar no orkut, depois de uma conversa legal, você fica feliz com a idéia de ele te add. E então começa com a solicitação de amigo: Ei gata, mim add?
Mim ter vergonha de n00bs.
E então você nota que a foto dele é sem camisa, na frente do espelho. FACEPALM. Você tenta ser sociável (algo que ninguém faria, mas blz) e adiciona a criatura. E então começa a receber recadinhos de gifs cheios de glitter, te desejando um ótimo dia =D #mimata

7. Polishop
Na internet ele diz que tem 1.80, diz que entende de Nietzche e assiste The Big Bang Theory. E então você marca encontro com um o deus-geek-grego-super-sua-soulmate que você conheceu na internetz, e então ele é como um produto polishop: quando você viu na telinha você queria e precisava tanto! E agora que está aí na sua frente, você só pensa: onde foi que eu estava com a cabeça quando eu quis isso? #facepalm

E você, conte-nos algum facepalm real da sua vida!

Anúncios

11 comentários sobre “Facepalmização dos dates

  1. Essa do cara ser incluído na internet já aconteceu comigo. Ele falou que era do Desencannes e eu fui à loucura, achando o cara foda. Bullshit, todas as piadas dele eu já tinha visto na internet.

    Ok que é difícil achar alguém, mas o “antes só do que mal acompanhado” define. Só digo isso.

  2. A 4 e a 5 andam juntas né? É um balde de loserismo. “Não sabe inglês? Mas olha que coisa, eu tbm não”… viro as costas e saio andando. Please!

    “Diz que vai me ensinar, então diga como é, diz que vai me ensinar, então diga como é”
    Obrigada VeryJess pela earworm. =P

    Marta, eu penso como vc e não me rendo ao sistema! 😀

  3. Não consigo me interessar por menina alguma.
    Interessar digo no after balada. No pós “oi”.
    Encontro os mesmos problemas q vc citou: Não é interessante, não sabe articular, não tem idéias próprias, futilidade (mas digo o geral da futilidade). Além do fato de geeks se esconderem na internet e conhecer poucas na RL.
    Homem tb sofre.

  4. Ah.. na maioria das vezes eu acabo no da carência! Jesus amado… E tente ser legal com um cara desse? Tem um na minha vida faz 3 anos! E na total perseguição! facepalm total!

  5. eh!.. tem uma número 3 na minha vida q to quase me livrando (pq fui passar meu número pra ela?!) bom, eu nem posso reclamar muito pq, eu me enquadro 65% no número 4
    Acho que existe uma variação do 4 que não é o viver de amor, é viver de filosofia. É quando o emprego te torra o saco e vc decide deixar esse sistema capitalista e aproveitar uns meses do seu seguro desemprego em quanto vc ainda não precisa ir ao banheiro de 30 em 30 minutos.
    É verdade, independente dos motivos, dos fins e até dos meios (hum?) sempre falta maturidade ao número 4
    Bom, tirando “o viver de amor” (já que não acredito no amor que a maioria das pessoas acredita) e ajustando para “não preciso de muito para viver” (o que certamente é um engano) o número 4 sou eu em 65% \o/

    Acho que um dia, pesquisadores vão usar esse blog como bibliografia.

    😉

  6. É… compricadiss!

    Post constatação total da realidade, mas apenas para quem vive fora da matrix,com visão critica apurada.
    Me fez lembrar episódios de Seinfield e todos os motivos banais e hilários qeu justificavam o fim dos relacionamentos.
    enfim, que sejam felizes os abençoados com a ignorância!
    Ao resto Forever Alone.

  7. Sei lá, se a Megan Fox ou a Zooey Deschanel se enquadrassem nas sete, ao mesmo tempo, eu ainda tava dentro.
    Sou capaz até de dizer que numa manhã, tipo… de ressaca, se eu entrasse por engano numa micareta e esbarrasse na Megan, provavelmente isso não me faria mudar de idéia.

Deixe o seu comentário ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s