Think about

Não te avisaram, mas a  Terra não gira mais em torno do Sol, ela e o sol inclusive, giram em torno desse carinha: 
Contem para  mim: vocês já conheceram algum indivíduo dramático? O dramático é uma pessoa que passa por diversos infortúnios na vida. O seu dinheiro nunca dá para nada, a sua família sempre está com problemas de doença, ele está sempre sozinho, seu emprego é pior do que carregar pedras morro acima todo dia. Ele sofre tanto que sempre faz questão de comentar a respeito o tempo todo. Todo mundo conhece um sujeito desses, não?
Já passou pela situação de você estar se abrindo para uma pessoa e então, em vez de lhe ouvir, ela lhe diz: “é que você nunca passou por algo pior que isso, eu por exemplo…”. Aí estão dois pecados mortais dos relacionamentos humanos: 1. Não saber ouvir, 2. Diminuir o sofrimento alheio. Posso estar errada, mas cada pessoa tem sofrimentos proporcionais à sua idade. Uma criança que é a última a ser escolhida no time de futebol do pré se sente praticamente da mesma forma que um adulto que nunca consegue uma promoção enquanto seu chefe passa todos na sua frente. O fato de os pais de uma amiga estarem se separando e ela estar triste por isso nunca poderá ser reduzido por outra pessoa, apenas porque os pais desta morreram. Diminuir o sofrimento diminui a dor? Ou apenas reduz a liberdade da pessoa em poder se abrir para você?
A tirinha era apenas para divertir e o post não é uma indireta específica, apenas um convite para todos, dramáticos ou não: vamos combinar de hoje sermos gratos por tudo e não reclamarmos de nada? 
Anúncios

3 comentários sobre “Think about

  1. “Ai nem e fala, se isso te incomoda, imagine eu, então, que tenho que ficar ouvindo blá blá blá blá blá.”

    Aí quando eu voltei da África com minha experiência de quase morte eu recebi uma visita da minha amiga e tive que ficar ouvindo sobre como ela sofreu com a operação de hemorróida. True story.

  2. AI, GENTE DRAMÁTICA É UM SACO, e eu tenho que aguentar uma no meu trabalho todo dia. Não pense mal, ela é uma ótima pessoa, mas se falo de alguma coisa, ela não responde e vem falar das coisas dela, e eu tenho que voltar de volta no meu assunto e ainda fico com a sensação de que EU é que fui grossa, vê se pode? Ou então ela fica numa repetição de coisas bobas, como ela ter sido autorizada a sair 15 minutos mais cedo porque isso e aquilo outro e blá blá, FFFFFFFFUUUUU D8

Deixe o seu comentário ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s