Conte 4

Eis que estamos no mês do carnaval! Super legal, só que ao contrário, né? Como já disse em posts anteriores, acho que essa época é um verdadeiro pesadelo, tanto para ligar a televisão, sair de casa e até conversar com as pessoas. 
É claro que não vamos nos focar em carnaval, pois nos outros anos já falamos muito disso. O foco agora  são nossos pesadelos!

Sintam-se em uma rodinha no meio da noite, com apenas uma fogueira para nos iluminar e contem 4 pesadelos que vocês já tiveram.
1. Já tive o clássico pesadelo de ir para a escola sem camiseta! Eu era criança, mas mesmo assim foi horrível, eu tentava me esconder e tal (tentar ir pra casa que é bom, nada!).
2. Os dinossauros estavam vivos, algo meio Jurassic Park, e estavam soltos pela cidade. Não sei se isso foi o pior, pois eles queriam nos comer, ou se foi o fato de eu fugir deles com as Chiquititas…
3. Este sonho é uma constante: toda noite antes do vestibular eu sonhei que perdia a hora e que já era tudo. Entrava em um desespero sem fim. 
4. Sonhei que estava com os meus irmãos em uma navezinha, e eu comecei a cair e eles não me ajudavam =(
Pronto, abri meu coração, agora é a vez de vocês!
Anúncios

9 comentários sobre “Conte 4

  1. 1. Sonhar que estava correndo, sendo perseguida e cair e acordar com a “queda” na cama, essa deve ser clássica também.

    2. Sonhei algumas vezes com eu e meu pai num beco escuro sendo atacados por um cara com uma faca e ele tentava esfaquear o meu pai e não conseguia, essa geralmente acontecia quando ele viajava a trabalho.

    3. Dias antes de viajar eu sonho que acordo no dia em cima da hora, sem ter feito a mala e perco o vôo, typical.

    4. Tive um sonhe recorrente por umas 2 semanas em que eu estava num avião e algo acontecia com os pilotos e eu tinha que pilotar o avião pra pousar/cair na floresta Amazônica, todo dia era uma pequena sequência do sonho/filme, hardcore bro!

  2. 1- Quando eu sonho que tomei um tropeço ou pulo bem alto e começo cair e quando bato no chão, eu acordo e sinto uma dor muito passageira (como marca desse pesadelo, isso acontece muitas vezes no mês).

    2- isso foi quando eu tinha três anos, e sonhei que eu estava no filme Mortal Combat, e eu era da Team Good, só que eu perdi a lutar e me tacaram num posso sem fim (Mais um sonho …) e quando eu ia caindo eu cheguei a momento que estava no ar do quartos do meus pais(enfrente da cama deles ficava o meu berço), e eu vir todo o quarto em uma visão no ar, mais continuava cair, até que cair no berço de barriga, assim eu acordei e eu estava de barriga (Não sei até se foi o pesadelo quando cheguei no quarto).

    3- Já sonhei que, meu pai morrido e minha mãe tinha se casado com um cara muito estranho, que tinha uma filha muito estranha que jogava um jogo de video game mega estranho, assim minha mãe também tinha sido morta, e tive que mora com eles, só que o jogo tinha me puxado pra dentro dele, e apareceu um monte de gente morta numa guerra (igual do “God Of War”), e assim apareceu um espirito pra mim (Quase igual o Espirito da Princesa Zelda no “Spirit Track”), e ela podia reviver minha mãe se eu completa-se uma missão, quando eu estava quase conseguindo, os estranhilos desligaram o Video Game, e eu voltei ao mundo real, e nunca mais conseguir religar o Video Game com o Jogo da minha missão.

    4- Foi quando eu sonhei que fui dormi, assim nesse sonho comecei a ter outro sonho, eu meu cérebro conseguia controla os dois sonhos (sem ser sonhando), depois desses sonho que vocês achar que não foi nada demais, mas muito legal, depois que eu sonhei e nunca mais consegui lembra dos meus sonhos seguintes

  3. 1. Que a minha boneca era na verdade um demônio e queria me matar. O sonho foi agoniante de tão real, no dia seguinte eu juro que podia vê-la respirar e piscar os olhos quando eu me virava.

    2. Esse é antigo: minha mãe namorava um cara, mas na verdade ele era um ET! ET – vampiro, pra ser mais exata; ele não tinha reflexo no espelho.

    3. Que a escola desabava comigo e meus amigos dentro, e eu tinha que cortar fora a própria perna pra me livrar dos destroços. Uma mistura de Jogos Mortais com House.

    4. Quando o meu irmão estava pra nascer, eu sonhava muito que ele nascia em forma de batata. Minha mãe ri até hoje.

  4. Eu sou tão abestalhada que não tive tantos pesadelos assim, mas acho que dá pra contar 4!

    1) Ultimamente tenho sonhado direto com ter que viajar de última hora, arrumar tudo às pressas e consequentemente esquecer de algo; ou tenho que viajar logo e não consegui avisar ninguém; ou viajo e tenho problema com a alfândega ou mala perdida. Não sei porquê!

    2) O mais antigo que me lembro é que matei com uma espadada na barriga um cara bigodudo que era todo em preto e branco. A cena em si era até light, mas fiquei mal por ter feito algo errado ne? Aí um periquito pousou no meu ombro e disse q não era para eu me preocupar pq aquele cara tinha q morrer mesmo. Só respondi “ah tá, então tá” e fui pra aula!

    3) Numa outra sonhei q tava num beco e um cara queria esfaquear minha mãe, então eu fui tentar segurar a faca mas ela atravessou a minha mão esquerda. Logo depois eu acordei com a mão esquerda formigando >_< 4) Sonhar com ter que fazer algo ou encontrar alguma coisa, então no meio do caminho acontece um monte de coisa para atrapalhar e não conseguir chegar no final da história! Pode não ser feio, mas acordo com uma sensação horrível de curiosidade pura e assombrada porque eu sei que eu nunca vou saber como o sonho terminaria, hahaha.

  5. Não vejo diferença nesta época de carnaval para qualquer outra. Só ligo a tv para filmes e seriados, só saio para comprar o que preciso em supermercados e só converso com as pessoas via facebook e msn mesmo, então, é bem indiferente.

    Sobre pesadelos, eu gosto deles, gosto dos meus pesadelos, mas não cabe contá-los aqui, seria de um mal gosto desnecessário.

  6. 1. Já tive o pesadelo clássico de sair em lugares públicos faltando vestuário. Mas para o meu azar, não era só a camiseta que faltava.

    2. Também já tive outro pesadelo clichê de queda livre, mas com variações sobre a origem da queda. A mais agoniante é aquela que eu estou voando (sim, como se tivesse esse super-poder), e de repente começo a cair sem chance de amortização da queda. Sim, normalmente eu acordo quando chega no chão.

    3. Sonhei com o trabalho. (Época que estava fazendo muitas horas extras)

    4. Sonhei com um cenário onde eu passava por várias salas bizarras, do tamanho de um quarto, cada qual com um tema de sua cor (avermelhada / esverdeada / e assim vai), e cada uma com um item estranho nela (vermelho com banheira), onde no final chegava numa sala que era uma espécie de fábrica onde a matéria prima principal eram humanos, sendo carregados por esteiras. Não, eu não salvava as pessoas.

  7. Em vesperas de provas:
    a prova fisica, o papel e o lapis me perseguem. Eu corro, corro e acordo quando chego a um corredor sem saida.

    Pesadelar que tem aranhas gigantes na minha cama, acordar de madrugada e não conseguir mais dormir porque preciso ficar de vigilia. Esse acontece sempre.

    Sonha que esta acontecendo uma invasão extraterreste e que sou abduzida e fazem experiencias todas comigo, por exemplo fazer cocegas. É comum.

    Teve um em que não existia computadores e internet e eu queria muito usar o pc mais não conseguia pq não existia :O foi horrivel.

  8. Oi, tudo bem? Entro frequentemente no blog, mas acho q é a primeira vez que comento… Vou tentar ser mais presente, adoro suas postagens!

    1. TODA vez que eu falava a palavra “touro” em um sonho, aparecia um touro gigante e me matava. Tenho medo de me aproximar de qualquer bovino até hoje.

    2. Sonhei que o Togemon, aquele Digimon em forma de cacto boxeador, me perseguia numa festa de aniversário.

    3. O teto do parquinho da escola despencou e me esmagou enquanto eu brincava no escorregador.

    4. Um cara com uma faca saiu do meio do mato no caminho da roça do meu avô e matou meu irmão. (eu acordei e perguntei pra minha mãe se ele ainda estava vivo)

    Acho que nunca sonhei com queda livre, que estranho…

    Maior pesadelo da minha vida: Hermione estava parindo um filho do Victor Krum no sofá da minha avó.

Deixe o seu comentário ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s