Girls: Ainda não assisti, mas deveria

Vocês tem aquele programa ou série que está somente adiando para assistir, ou que todo mundo já falou que é a sua cara? Eu acompanho pelo menos 10 séries e é bem difícil colocar mais uma para acompanhar. Mas às vezes vale a pena…

Outro dia, conversando na redação, um dos meus colegas disse assistir à série “Girls” e que trata-se da vida de 4 garotas de 20 e poucos anos que estão ralando para dar certo em Nova York. A série é protagonizada por Lena Dunham, uma garota que tem apenas 26 anos. Ela criou a série, escreveu, dirigiu e protagonizou. Essa menina tem sido encarada como um prodígio da televisão americana, levou alguns prêmios Emmy, o Globo de Ouro de melhor série e de melhor atriz (trabalhar com séries de TV acaba me fazendo saber de todas essas coisas).

LEIA MAIS +

Testes inúteis: Qual seria a sua raça se você vivesse na Terra-Média?

Embora eu não curta nem um pouco e ache um sonífero, não é possível negar que livros e filmes como a trilogia do Senhor dos Anéis fizeram e ainda fazem muito sucesso até hoje. E já imagino que alguns de vocês foi assistir ao Hobbit, filme que nem tenho a mínima curiosidade de assistir.

Mas bem, a Superinteressante fez este teste em que você descobre qual seria a sua raça se você vivesse na Terra Média. Clique aqui para realizá-lo.

Expectativas: ser um elfo maneiro.

Realidade: com 1,70, eu sou um hobbit!

Conte o seu resultado nos comentários!

10 comentários para um hater te matar

Não tem nada melhor do que despertar o sentimento de ódio em um hater, não é mesmo? Na verdade, o que acontece é que, as pessoas simplesmente não aceitam que seu objeto de admiração tenha defeitos ou então que outras pessoas não os adorem como acham que ele deveria ser adorado e venerado. Pois bem, pensei em 10 comentários que são perfeitos para você despertar a ira alheia, apenas por ofender os fãs em tantos níveis diferentes que eles vão querer cortar a sua cabeça.

1. Para fãs do Batman: Sou muito mais o Batman do Tim Burton…
LEIA MAIS +

Séries mais legais que estrearão em 2013

Como estou trabalhando com séries de TV, estive agitando vocês no Twitter com algumas novidades, as estreias para 2013. Vou fazer uns breves comentários sobre cada uma.

1. Ripper Street: é a série que pretende contar a história do famoso serial killer Jack, o Estripador. É na verdade uma minissérie inglesa, protagonizada por Matthew Macfadyen (sim, o lindo que fez o Mr. Darcy de “Orgulho e Preconceito”). A temática é interessante, e embora seja uma história que já foi contada demais, talvez a ótica inglesa dos anos 2010 sejam uma promessa das mais legais. Ah, “Ripper Street” já estreou na Inglaterra, no fim de dezembro.

LEIA MAIS +

O que eu realmente penso sobre as séries

Para quem não sabe, me tornei redatora de um portal de notícias, para o blog de Séries & TV deles. Tem sido uma experiência ótima e estou aprendendo muitas coisas sobre blogs que os meus quase 4 anos de VeryJess não me proporcionaram. Lá eu até posso ter alguma opinião sobre as séries, mas atacar agressivamente como eu gosto de fazer aqui é algo que eu evito. Mas isso não significa que eu não tenha opinião. Algumas séries eu comecei a ver justamente por causa do meu trabalho e mais ou menos sempre sei o que está rolando nas principais séries.

Pois bem, eis o que vocês não me verão falando no site, sobre…
1. Once Upon a Time: alguém por favor, tira aquela jaqueta de couro vermelha da Jennifer Morrison? Sério, este negócio de usar só a mesma roupa o tempo todo é em desenhos animados. A jaqueta é bonita, mas agora já está cafona, já que ela não tira nunca. E em que realidade o seu pai é o Josh Dallas e você consegue olhar no fundo dos olhos dele e não pensar em bobeira? Além disso, acho sonífero esse lance de reaproveitar contos de fadas para fazer filmes/séries com os efeitos especiais da tecnologia de hoje.

LEIA MAIS +

O desespero por atenção no Facebook

Não sei como funciona com vocês, mas se eu não filtrasse a minha timeline e não desse unsubscribe em metade dos meus contatos, eu nem entraria no facebook. E mesmo assim, muitas vezes eu entro e meus olhos sangram. Sangram porque:

  • Tem menina de 8 anos que cansou de correr atrás e agora aprendeu a dar valor a si mesma;
  • Meninas belas de 15 anos tiram fotos no espelho, curvadas num ângulo de 45 graus, para dar ênfase ao busto e à bunda;
    LEIA MAIS +

Conte 4

Vamos tirar a poeira do blog e brincar mais uma vez?

Já sofreu com as manias estranhas de pessoas à mesa? Pois bem, a sua tarefa hoje é: Conte 4 coisas que as pessoas fazem à mesa que você odeia/morre de nojo.
Eis as minhas respostas:
1. Pegar coisas do meu prato: ai gente, uma coisa é eu oferecer  para a pessoa (e só para íntimos), outra coisa é aquela coisa “homem das cavernas” de nego chegar ciscando no seu prato.
2. Falar sobre vômito/diarréia: acho de muito mau gosto.
3. Ficar oferecendo coisas insistentemente: essa coisa de querer demais que a pessoa prove alguma coisa parece coisa de gente lesada.
4. Brigar à mesa: tudo o que uma pessoa pode fazer para estragar uma refeição é achar que aquele é o momento para resolver problemas. Aliás, nenhum problema se resolve com refeição, só de falar de problemas já perco a fome.
E você? O que é insuportável de se fazer à mesa?

7 sofrimentos típicos hipsters

A esta altura do campeonato até a sua mãe já deve saber o que é um hipster e que você é um deles e não tem mais como fugir desta realidade. Mas não é só disso que não há como fugir, vamos lá para 7 sofrimentos típicos que um hipster pode passar:
1. Suas bandas favoritas não vêm ao Brasil. Algumas não saem nem do continente de origem.
Já ouviu Eisley?
2. Se você for para uma festa à fantasia de Princess Chelsea todo mundo vai achar que você está de Natalie Portman em Closer (e coisas semelhantes).

3. Você ri sozinho do Sou Hipster Namoro Playboy

4. Algumas coisas você só consegue achar no Brasil para vender depois que já estão irritantemente na moda. 
Sempre adorei colar de bigode!
5. Você quer fazer piadas e memes com coisas que só você conhece…
Pelo menos Gotye o povo conhece!

6. Você agora parece só mais um babaca que se encantou com a Adele no álbum 21.
I made up my fucking mind, ok?
7. Você também é classificado pela louca mania da sociedade fast-food de nomear, rotular e classificar qualquer coisa, apenas para achar que sabe lidar com ela. 
Se identificou com algo? Puro amor hein?