Campanha: Use fones de ouvido! via @auslc

Gente, gosto musical é igual ou pior do que namorado: cada um gosta de um jeito completamente diferente do outro. Enquanto você curte uma batida eletrônica enquanto estuda, sua amiga pode gostar de ouvir Katy Perry para arrumar o quarto e seu irmão mais novo pode achar essencial ouvir Slipknot quando chega do colégio. E você chega no trabalho e já sabe que aquele colega seu não vive sem a Cláudia Leite! 
Pois bem, se gosto não se discute e para “atacar de DJ” é necessário ser ex-BBB e ser convidado, enquanto o convite não rola, que tal usar uns fones de ouvido, amigo?
O @auslc abriu a Campanha #usefone com este vídeo que expressa o que mais queremos fazer quando às 6h da manhã, seja no ônibus, seja no metrô, chega o DJ wanna be no lugar e toca aquele funk maneiro! Vejam: 
A sua música é legal? É super, mas apenas para você! Eu poupo diariamente meus colegas de trabalho de descobrirem que eu sou uma fã obsessiva-compulsiva de Eisley. Faça isso também, aliás, faça melhor, compartilhe este vídeo no seu Facebook, Twitter, Orkut, na faculdade, onde você puder e proteja-nos da poluição sonora!
Anúncios

Tutorial do dia: como ser uma garota mainstream

Como todo grande tutorial neste blog, creio que precisamos apresentar os objetivos, as justificativas, materiais e métodos e a conclusão, para que você siga o passo a passo e seja feliz! 
Objetivo: ser uma garota mainstream, popular, conseguir a apreciação real dos outros (chega de admiração do tipo: uau, você é inteligente e interessante) e quem sabe arranjar um namorado. (Jess, como você quer ensinar às pessoas isso se você não tem namorado? É por isso que eu quero ser professora gente, eu sou ótima na ~teoria~ )
Público-alvo: este tutorial é para você garota que:
  1. Joga jogos online (não estou falando de social game, viu?);
  2. Gosta de livros e filmes;
  3. Curte debater filosofia e política e sabe que “conhece-te a ti mesmo” não é uma frase da música do Skank;
  4. Sabe o que é um meme e ao mesmo tempo entra em uma boa discussão cheia de argumentos. 
  5. Tem preferência por algum diretor de cinema;
  6. Sabe do que se trata o gato de Schrödinger (okay, clichê demais); 
  7. Sabe diferenciar claramente uma animação da Dreamworks de uma da Disney;
  8. Acha que Bonequinha de Luxo é um clássico do cinema, e não uma cor de esmalte da Impala;
  9. Conhece mais de 3 golpes do Sub-Zero;
  10. Quando ouve o nome Jade, pensa primeiro em Mortal Kombat, segundo na pedra e por acaso, se tiver um derrame no momento, lembra do papel da Giovanna Antonelli;
  11. Sabe citar a qualquer momento o nome de pelo menos 70 pokémons. 
  12. Sabe citar 10 marcas de camisetas geeks mas não sabe citar 10 marcas de sapato.

Justificativas: O público alvo carece de entendimento a respeito do comportamento da mulher em um relacionamento e na sociedade, de forma holística; e freqüentemente tem se encontrado inapto para a convivência na floresta, junto com bestas-feras loiras a.k.a. Paris Hilton, como o indivíduo abaixo:

De vermelho: as garotas.
De preto e azul: meu público alvo.
Materiais: Conforme a ilustração acima, você que está usando allstar, camiseta nerd, calça jeans e cabelinho natural: você está fazendo tudo errado. Você precisará de:

  • Roupas curtas e decotadas (câmera fotográfica é para registrar decote galera);
  • Saltos agulha: pode parar de usar tênis, é com salto agulha que se vai para a guerra;
  • Maquiagem e bijuterias: muita muita! Fique tranquila que este tutorial acompanha um vídeo que te ensinará tudo (você é obrigado a ver o vídeo);
  • Um Dicionário Prático do Dialeto das Garotas Mainstream
Métodos: 
  • Realize a produção: vestido curto e decotado, salto agulha, maquiagem whore, brinco, colar, anel, pulseira, cabelo, para chamar atenção: FAÇA LUZES!
  • Fazendo update da vida na internet: delete seu Gmail. Seu e-mail agora será: diminutivo do seu nome + sua idade + curso que você faz @ hotmail.com, ok?
    • Ex. No meu caso seria jessikinha24_nut@hotmail.com
  • Delete suas fotos e likes do Facebook/Orkut. Tire novas fotos, não precisa ser de biquini, mas de preferência para mostrar o que você tem de melhor para oferecer ao mercado consumidor. E se você pensou que era seu cérebro, você ainda está ruim do negócio! É para mostrar seu corpo, decotão, pernas, bumbum. 
  • A partir da instrução anterior, participe do Lingerie Day! (Amiga, se você está muito perdida, Lingerie Day é um evento no Twitter que acontece duas vezes ao ano em que todas as garotas postam fotos sexys suas, trajando apenas lingerie).
  • Leia o Dicionário Prático do Dialeto das Garotas Mainstream, é um dicionário de entendimento fácil para iniciantes que vai te ensinar expressões simples para algumas perguntas da vida como:
    • P: O que você achou deste filme? R: HAUHAUHAUHAUHAUHAU ADOREEEI
    • P: Que tipo de música você curte? R: HAUHAUHAUHAUAHUAHUAHAU OUÇO O QUE TIVER TOCANDO!!!
    • P: Pegael? R: AHUAHUHAUAHUAHUAHUAHAUHAUHAU
    • P: Gosta de pokémons? R: HAUHAUHAUHAUHAUA ADORO!!!!!! Meu favorito é o Pikachumon. 
    • P: O que você acha do aquecimento global? R: TÁ MUITO QUENTE MESMO, VAMOS PRA PRAIA HOJE?
    • P: O que você acha da medida do governo para aumentar os impostos cobrados sob o custo dos carros importados? R: VOU DE TÁXI, CÊ SABE, TAVA MORRENDO DE SAUDADE!
    • P: O que você achou de Matrix? Você também acha que a vida é apenas uma parte do sistema e que somos todos alienados pelo governo e pela mídia, de tal forma a acreditar que temos liberdade, quando somos apenas cordeiros sendo guiados para o abismo? R: HAHHAHAHAHHAHAHA ADORO QUANDO VOCÊ FALA DIFÍCIL!
  • Caso sentiu dificuldades em compreender o Dicionário Prático do Dialeto das Garotas Mainstream, não se desespere: a chave do negócio é ficar enrolando o cabelo com um dedo só, rir de tudo e falar para o garoto o quanto ele é engraçado. É isso mesmo, não é para você ser engraçada e sarcástica, este é o papel dos caras, o seu papel é unicamente ser entretida por quaisquer bobagens. 
Conforme prometido, eis um vídeo que poderá ajudar com clareza a você entender qual é o seu papel na sociedade:

Jenna Marbles é uma vlogger que encontrei por acaso, e este vídeo dela aliado à vontade da amiga Vanessa a se tornar uma garota mainstream motivaram-me a escrever este post. Beijo, V!
Espero que com este post eu tenha salvo muitas vidas da crueldade que é ser mulher e ter um cérebro.
Para você amiguinho que anotou todas as dicas, ou está bravo porque eu chamei todos os homens de fúteis, por gentileza, visualizem meu Irony Meter: 

Olhe os sinais

Quem aqui nunca fez um pedido a uma estrela cadente?

Fonte.
Não quero desvanecer dos meus leitores a esperança no amor, nem pedir que deixem de crer nas estrelas (embora cientificamente elas são astros indiferentes às insignificantes vontades de seres mortais que lhes são nanométricos, proporcionalmente falando), mas gostei da tirinha, a vida é uma coisa mais prática do que imaginamos. 

Galera indica: Tumblrs

Agora com o Plus, temos uma ferramenta legal para todos participarem com mais de 140 caracteres, não é mesmo?
Então reuni a galera para fazer a indicação de alguns tumblrs legais, para dar uma diversificada na Dashboard da galera. Não sabe o que é Tumblr? Clique aqui e entenda.
Pois bem, eis as dicas da galera: 

Foto do perfil de Marta Preuss

Marta Preuss – Meus favoritos:

Video game nostalgia -> sempre tem prints de jogos que eu adoro e até notícias vez ou outra.
 
Yes, but no -> é muito legal ver as exceções às regras – fora as vezes que me encaixo nelas.
 
Little things -> coisas gostosas do dia-a-dia :3 

Foto do perfil de Fernando de Souza

Fernando de Souza – Spiderman Spiderman: Peter parker já foi um cara “normal”.



Foto do perfil de Tácia SouzaFoto do perfil de Ana Spoladore

Gosto do Gold Rush, ele posta umas fotos interessantes.



nerds? Aqui mesmo 🙂



Foto do perfil de Jessica Veridiana

Jessica Veridiana – A minha dica é o 182-blink , é de uma guria provavelmente americana, que está sempre por dentro dos memes do momento. Além disso, posta muuitas imagens legais de filmes.


Fuck Yeah Dementia eu acho que é obrigatório seguir, é a coisa mais nonsense e divertida que já vi.


Spektorology é para quem ama a Regina Spektor. Cada pedacinho dela reproduzido infinitamente.


E você, tem alguma dica para dar? Para participar dos próximos posts, basta ficar ligado no meu twitter ou então me circular no Plus 😉

Tudo o que você precisa colocar no seu testamento

Discorrendo esses dias com o @alexpopst e lembrando de papos anteriores com o @ciruz, descobri que todo mundo precisa de um testamento.
Vocês lembram do caso da Eloá, que foi assassinada pelo namorado? Mais lamentável do que isso, é expor para o Brasil inteiro uma coletânea de fotos “miguxas” e “duckface” que estavam em seu orkut, que o jornalismo usou para fazer sensacionalismo.

DUCKFACE é tão sexy, não é mesmo? NÃO, não é não.
Você sabe em que condições será a sua morte? Se você será assassinado pela namorada, atropelado pelo Ronaldo Fenômeno ou confundido como um terrorista enquanto está de férias fora do país? Pois bem, se sua morte atrairá as atenções do país inteiro ou só sua mãe e seu ursinho de pelúcia estarão no seu enterro, você nunca saberá. 
Segue abaixo todos os termos que você deve incluir em seu testamento e medidas necessárias para ter uma morte digna, pois você sabe, tudo o que você não teve em vida, você pode pedir na sua morte, sob pena de puxar o pé dos seus parentes à noite, caso eles não cumpram seus últimos pedidos.
1. Assegure sua morte virtual: disponibilize em seu testamento os logins e senhas de todas as redes sociais que você utiliza, para que suas contas sejam excluídas. Não sabe quais são todas? Está na hora de ir atrás disso já. Isso será importante pois as pessoas tem a mania idiota de ficar deixando RECADOS para os mortos. Isso mesmo, você morreu, sua família já está sofrendo o suficiente com isso, e idiotas ficam escrevendo coisas para seu perfil, talvez acreditando que do outro lado da vida a wi-fi funcione bem… 
2. Tranque agora mesmo todas as suas fotos em redes sociais: são as fotos que qualquer stalker consegue ter acesso que a mídia consegue utilizar. Tire aquelas marcações inúteis que aparecem fotos constrangedoras e pare de tirar fotos de si mesmo, sua mãe já te acha lindo(a), SEJA FELIZ E RADIANTE!

3. O msn é um lugar público: pense no msn como uma bailarina do Tchan dançando de shortinho branco e menstruada, tentando evitar acidentes.  Este é o seu grau de vulnerabilidade no msn. Portanto ” ‘Baba olha o que perdeu, baba criança cresceu’ acabou de entrar” não é a melhor coisa que você faz para a sua imagem. Muito menos as fotos em que você expõe que sua auto-estima é do tamanho da sua saia e que a coisa mais profunda que há em você é este decote aí na frente. Conversas do msn podem aparecer em rede nacional um dia, não deixe o LULZ alcançar o seu descanso eterno. Não adianta arrumar seu testamento se você se sabotar no msn. 

Isso, aproveita e tatua a Hello Kitty na testa.
4. Homenagem tem limite: deixe claro que se a saudade é constante, seus amigos e parentes podem fazer coisas lindas por você, como no filme A orfã, rosas foram plantadas sob as cinzas da criança que morreu. Agora camisetas, bolsas, faixas e qualquer coisa que inclua fotos é deplorável. Acrescente um parágrafo único a esta cláusula: nada de comunidades no orkut em minha homenagem. Isso não é amor gente, isso é ser brega, amor é outra coisa.
5. Respeito é bom: o velório e o enterro são momentos solenes. Vivemos em um país em que as pessoas não dão tanta importância aos trajes sociais e convenções sociais, no entanto as coisas tem limite. O @alexpopst disse que não admite camisa do Flamengo no enterro dele. Eu não admitiria crocs. Talvez eu levantaria do caixão só para pedir para que a pessoa se retirasse.
Vai de Crocs?
Fonte.
6. Não deixe nada para trás: se aquela coisa com a voz do Darkwin Duck denominada Fiuk tem uma biografia, por que você acha que não sairá uma sua também? É isso mesmo, dependendo dos motivos da sua morte, suas coisas podem ser reviradas e muita coisa será encontrada, como cartas de ex-namorados(as), diários, coisas NSFW (se você não sabe o que é, mantenha a sua inocência e não google isso), etc. As pessoas podem ir atrás de um bilhete suicida ou qualquer coisa que explique os motivos da sua morte ou que as console pela sua partida. Portanto a medida mais sábia é: acabar com estes arquivos ainda em vida ou deixá-los em um baú trancado e entregá-lo como herança a um amigo que tenha a chave. E claro, amaldiçoar este caso ele não queime tudo =D
A cara de quem não tem idade para ter dublado o Darkwin Duck.
7. Revele os segredos: foi você que derrubou o catchup na toalha bordada pela avó? Ou pior, você tinha um filho com outra mulher? Conte isso no testamento e evite que todos os eventos após a sua morte se transformem em um episódio de Casos de Família.

Bom, seguindo estes passos, a não ser que você vá escondido de seus amigos em um show do Justin Bieber e morra de ataque cardíaco lá, é possível que você tenha uma morte digna e que pelo menos não será motivo de piadinhas mórbidas por muito tempo.

Descanse em paz…. Mas agora não! Continuem aqui, eu preciso de vocês!

É legal, admita

Você com seus 20 e poucos anos, quando tinha seus 15, era coisa de idiota cantar a música tema de Pokémon? Com certeza era!

Todavia, depois dos 20 você não precisa mais ficar provando que já cresceu. Sim, se você é adolescente e passa a sua vida tentando provar às pessoas que não é mais aquela criança ridícula que colecionava beyblades, saiba que é um passatempo sentar-se com seus amigos e lembrar-se que vocês colecionaram tazos, que amavam pokémons (e amam, pokémom é muito amor) e várias outras coisas consideradas infantis.  E por que a música ou os filmes não estariam também na pauta?
Para ser aceitos, diversas vezes nos acostumamos a negar nossa própria natureza. Em troca conseguimos uns sorrisos, que são os “likes” do Facebook da vida real. Cedo ou tarde, espera-se que seja cedo, ocorre uma libertação, em que você percebe que o que você ouve, lê, fala, veste e vive tem que agradar a você primeiro, antes de a qualquer outro ser humano, e então, independente das influências da mídia, da moda e dos seus amigos, o que você disser que é legal, será, não importa o quão tosco isso seja (ressalva para crocs: nunca é legal, ok?)
Spice Girls era bacana demais, ok? Você conseguiria admitir isso, ou algo parecido?

Diferentes tipos de espectadores

Acompanhem-me: Você, querido leitor, está assistindo um filme com seus amigos. Um deles comenta o tempo todo, outro tenta adivinhar o final, outro conversa com os personagens.. E, claro, você sujeito normal que é, está tentando entender não o filme, mas sim o porquê de essa gente fazer isso com você.

Podem parar de me acompanhar agora xD. E foi pensando nisso que eu, mestre de quase todos os mestres, listei os tipos de espectadores que conheço, usando como exemplo a famosa frase: “Luke, I’m your father”.

Narrador: O Galvão ali, bem pertinho de você. “Olha, o Vader acabou de dizer que é pai do Luke”. Legal champz, se você não tivesse dito eu nunca saberia essa importante informação.

É tetra?! Tem certeza?

Comentarista: Tão chato quanto o narrador, faz questão de comentar cada fala do filme.“Não acredito, o Luke e o Vader são parentes, OMG”. Parentes? Really? Tem certeza? Acho que não, einh!?

¿Por qué no te callas?

       Torcedor: Parecendo futebol, né? Aquele que torce ou por um final feliz ou por um final trágico, os menos chatos, pois não falam o tempo todo.”Tomara que Luke e Vader façam as pazes e sejam felizes para sempre”. Tomara mesmo. Tão linda a relação dos dois S2.

Tomara que eles fiquem juntos né mozão?

Desesperado: Ele acha que tem o dom de se comunicar com cada personagem, brigando, alertando e até conversando com eles. “Cuidado Luke, o Vader é seu pai, mas ele é do mal, RUN LUKE RUN”. Acho melhor você gritar bem mais alto, ele parece um pouco surdo ou tá te ignorando.

Cuidado Elmo, atrás de você!

Vidente: Ele não cobra nada por suas previsões, por isso faz o tempo todo. “Não falei que o Vader é pai do Luke, falei no começo, eu sabia!”. Você e toda a comunidade nerd.

Ligue já e saiba se o Luke vai perdoar seu pai.

     Curioso: Quer saber de qualquer jeito o que vai acontecer na próxima cena ou no final do filme. “Meu, fala logo, o Luke vai matar o Vader? O Vader vai matar o Luke?”. TODOS MORRE!

A curiosidade matou o gato.

      Preguiçoso: Aquele que tem preguiça de entender as partes difíceis e fáceis dos filmes. “Me explica como que o Vader é pai do Luke, como o Vader não sabia?” Lá vai você explicar desde quando Anakin conhece a Padmé.


Me explica essa parte amg? Tô muito ocupado pra pensar.

Wikipédia: Esse pode ser você, querido amigo leitor, sabe tudo de tudo, às vezes até pausa o filme para explicar alguma cena. “Gente, essa cena foi feita com o Luke a um metro do chão, cheio de colchão, não é d+?” Super, super, amigo.

Eu sei tudo sobre tudo, se eu não sei, não existe.
Eu não posso deixar de citar que existem pessoas que são um combo, ou seja, são muito chatas. Imagine só esse combo: Narrador, torcedor, preguiçoso? Melhor dormir do que assistir.

E você, amigo leitor, se encaixa em algum tipo? Conhece alguém assim? Tem outro tipo que conhece que não coloquei? Compartilhe com os mortais.

Sangue italiano, já viu né…

Esses dias assistindo Pearl Harbor e Entre irmãos me veio uma idéia revoltante: gente que fala: não consigo viver sozinho (no sentido de estar solteira, sem namorado(a)). E melhor, responsabiliza seu comportamento irrefletido por afirmar que tem sangue italiano.

Primeiro: você cuja tataravó da bisavó da tetravó era italiana: VOCÊ NÃO É ITALIANO. E você que tem coragem de dizer que tem sangue italiano e assina SILVA, SOARES, SOUSA, etc etc: VOCÊ NÃO É ITALIANO. E nem se assinasse nome italiano seu comportamento seria justificável. 

Ah, gosto de conseguir tudo fácil e sambar o dia inteiro, sou brasileiro, né…
Ah, eu odeio gente que não for da raça ariana, meu sangue é alemão né…
Ah, adoro contrabandear droga, meu sangue é colombiano, já viu né…

Achou estas frases ridículas? Mais ridículo ainda é você querer justificar seu comportamento por ter a idéia infeliz de achar que você é italiano. E mesmo que você seja italiano, decendente de até 3 gerações, com excessão dos assexuados e qualquer pessoa que tenha problemas hormonais, todos somos sujeitos em maior ou menor quantidade às mesmas carências afetivas e físicas. Uma pessoa pode ser tão “carente” quanto qualquer italiano. Você não consegue ficar 1 mês sozinho, sem ninguém? Engraçado, pois eu não sou nenhum robô, não tenho nenhum problema e eu consigo. 

Eu fico pensando o que um sujeito “sangue quente” faria se ficasse 1 semana sem poder ter alguém para compensar sua enorme carência italiana: ele morre? Vira purpurina? Seu pâncreas entrará em autodigestão? Sofreria parada cardíaca? Ou será que tudo isso é para tentar encobrir o fato de que ele não pode esperar pela pessoa adequada pois não possui nenhuma outra atividade que lhe cause prazer, não possui amigos, odeia o emprego que tem, não tem família e mais nada que o possa distrair?

Amigo, você pode dizer que não consegue ficar sozinho somente se você me disser que se alimenta do sangue alheio, aí sim eu vou entender. Realmente vampiros são o tipo de pessoa que não podem ficar sozinhos, porque isso acabaria em morte por inanição XD
Fonte: MenTirinhas.
Apelo à humanidade em geral: você não é especial pela sua genética, você não é o único que não gosta de acordar cedo, você não é a única pessoa que se sente sozinha às vezes, existem 6 bilhões de pessoas neste planeta, certeza que você é tão único quanto pensa?

P.S.: Tenho o maior respeito pelos italianos (Don Corleone ftw) e seus decendentes. Leia o post atentamente para perceber qual foi o meu intuito antes de se sentir ofendido e ir contar tudo pra sua mãe, Kiko.