Twitter Song

Já fizeram várias musiquinhas por aí, mas a música que conheci que mais expressa o grau de no life, vício e toda a diversão que o Twitter traz para os usuários, certamente é esta:
Como era de se esperar, uma música de menos de um minuto, tão compacta quanto os famigerados 140 caracteres.

Pra quem não reconheceu o rostinho acima, é a Ingrid Michaelson, uma cantora indie nova-iorquina de 30 anos, cujas canções aparecem muito no seriado Grey’s Anatomy. Incrivelmente, uma cantora tão talentosa, nem é tão seguida no Twitter como era de se imaginar. Mas é viciada também, follow @ingridmusic 😉

Anúncios

As mil faces de Zooey Deschanel

Pra quem não conhece, esta é a Zooey Deschanel, 30 anos (com carinha de 22), atriz, compositora, e cantora, que se apresenta com M.Ward na banda She & Him. Sabemos que a moça tem cara de bonequinha e é encantadora. Mas também, como não seria assim? Seu rosto compõe a típica garota romântica: olhos enormes (e lindos), boca pequena e traços delicados.

Se você não conhece o She & Him, e gosta de baladinhas românticas, clique aqui para saber mais.
Certo dia eu e o @eduardomps pensamos: imagina a Zooey ruiva? *.* Decidi sair da imaginação e materializar isso. Apresento-vos as mil faces (algumas irreconhecíveis) de Zooey Deschanel:

Insatisfeita em vê-la só ruiva, também procurei por ela loira:

Achei esta foto que ela usa o colar rosa a cara das gêmeas Olsen!

A versão mais conhecida, Zooey morena:

Por fim, algumas fotos que não são fáceis de se encontrar por aí:

A única foto da infância dela que encontrei foi esta:

E para surpreendê-los e desfazer a imagem de boneca da moça, uma foto que encontrei da British Esquire:

Bom, para os fãs, qual a cor de cabelo que preferem na Zooey? Tem uma versão ruiva que ficou d+, mas ainda prefiro a bonequinha de cabelos negros do She & Him.

Quer mais fotos? Dê uma olhada neste Tumblr.

3 ótimos filmes com…

Abigail Breslin!

Isso mesmo, nada de Dakota Fanning no meu blog! Bom, quanto à Dakota, eu já explico. Vamos falar desta menininha que tem ganhado a atenção de Hollywood. Atualmente com 13 anos de idade, esta pequena atriz sempre foi notória em suas interpretações. Lembra-se de Sinais, a loirinha que fica com medo dos alienígenas? É ela mesmo. Vou citar agora 3 filmes que ganharam destaque graças à atuação desta moça.

1. Little Miss Sunshine – Pequena Miss Sunshine (2006)


Pense numa família infeliz: pai sem sucesso profissional, um avô desvirtuado, um irmão problemático, a mãe segurando a onda e um tio que acaba de sair de um hospital psiquiátrico. Tudo para ser um horror, não? Pois é neste cenário em que Abigail interpreta Olive Hoover, a menina que sonha em ganhar o concurso da Little Miss Sunshine. O filme, assim como muitas coisas da vida, tem suas crises, infelicidades e também seus risos, e mostra como uma criança pode ser o ponto forte da alegria e união de um lar. A apresentação de Olive no fim do filme é imperdível. Para quem é fã do belo par de olhos claros, Greg Kinnear interpreta o pai de Olive.

2. Definitely maybe – Três vezes amor (2008)


Interpretando Maya Hayes, ela ouve toda a história de como seu pai conheceu a sua mãe. Lembrei de How I met your mother. Ao mesmo tempo em que faz o papel de “menininha do papai”, ela também demonstra perspicácia para se apresentar como aquele tipo de criança sem papas na língua e que não tem dificuldade para entender a respeito do amor. Abigail faz uma ótima dupla com Ryan Reynolds, que interpreta seu pai.

3. My Sister’s Keeper – Uma prova de amor (2009)


Embora já tenha falado deste filme neste post, sem sombra de dúvidas, ele merece destaque. Abigail interpreta Anna Fitzgerald, uma criança concebida para ser compatível à sua irmã, que é muito doente. Desde cedo Anna doa à irmã hemácias, plaquetas, e a gota d’água ocorre quando os rins de sua irmã estão falhando, e ela precisa doar um rim. Para defender a autonomia e direitos pelo seu próprio corpo, Anna procura o advogado Campbell Alexander (Alec Baldwin), e então trava-se uma batalha familiar, pois a mãe dela não aceita a má vontade da filha em ajudar a sua irmã. O filme é fantástico porque: Cameron Diaz está em um papel maduro, dramático (algo que nunca vi ela interpretar), a temática familiar e a maneira como a mãe deixa sua vida passar para cuidar da filha doente é real e emocionante, e a interpretação de Abigail é comovente.

Agora falando de Dakota Fanning: ela foi convidada para interpretar a doente do filme (Kate Fitzgerald), porém a gracinha não topou pois não queria ficar careca, conforme lhe foi exigido. Bom, em vez disso, vocês podem ver a linda e promissora srta Fanning atuando em um filme pior que o outro, como este e este (modéstia parte, um mais fail que o outro #vergonhaalheia). Espero que a Elle Fanning não decepcione da mesma forma 😉

10 razões para preferir os gatos aos cachorros

Vossa Byteza, Marcel Dias, o blogueiro do Byte Que Eu Gosto, propôs um desafio no Twitter: escreva 10 razões para preferir gatos aos cachorros. Bom, vamos lá!

1. Cachorros parecem bebês
Se falta comida, chora, se falta carinho, chora. Se não dá pra passear, chora. Se estiverem soltando fogos de artifício na rua, ele urina onde quer que esteja, seja na sua cozinha, no SEU tapete novo, não importa o lugar. Sinceramente, bebês já dão o trabalho suficiente, mas a vantagem é que eles crescem e ficam mais inteligentes e servem pra alguma coisa, os cachorros não. Já os felinos não tem toda essa frescura nunca.

2. Gatos vêm com GPS incluso
Você já viu um gato não conseguir voltar para casa? Ele pode se divertir nas noitadas, namorar, passear e eles sempre voltam para casa. Agora cachorro já viu, deixa o portão aberto e você não irá vê-lo nunca mais. Alguns sabem andar pela rua perto de casa, mas não vão muito longe. Isso é um fato.

3. Gatos usam sua força de forma inteligente.
Já ouviu falar de alguma notícia de um gato que matou uma criança? Nem o Google ouviu! Agora quanto aos cachorros, nosso Santo das Causas Buscáveis, o São Google, tem muito a falar. Gatos ferem quem abusa da paciência deles, quem tenta matar o filhote deles e só. Não tem uma raça de gatos que passaria na rua e você atravessaria a rua de medo, como muita gente faz ao ver um pitbull.

4. Gatos dão carinho decentemente
Eles passam por sua perna, ficam molinhos no seu colo, brincam com coisas fofas e raramente destroem alguma coisa. Cachorros quando te veem não prestam atenção se você está vestido para uma festa, ou trabalho, ou evento importante, ele fica colocando as patas sujas em você. Se você tenta colocar no colo e não é um filhote, ele fica tudo duro (principalmente os maiores). Cachorros destroem tudo, você dá comida para eles, mas eles querem seu chinelo, suas roupas, seu tapete, e é para você achar isso uma gracinha! ¬¬’

5. Gatos Inspiram
Que lado é mais interessante?
Garfield, Gato de Cheshire, Mulher Gato (Michelle Pfeiffer, não a Halle Berry, pelamor), Gato Félix, Gato de Botas, Tom, Frajola, Gato de Schrödinger, Keyboard Cat, Cat Power, LOL cats, Gato preto dá azar, Hello Kitty (a gatinha demoníaca), Chococat, Meowth (um dos únicos pokémons que fala), Manda-Chuva, Thunder Cats,

OU

Pluto (bobão), Scooby-Doo (bobão engraçado), Pitbull mata criancinhas, Cãezinhos do canil (bobinhos fofos), Marley (bobinho fofo2), Mutley (bobo malvado), Coragem o cão covarde (cachorro idiota!), Cachorro-quente, Banda Cachorro grande (q nome!), Beethoven (bobão divertido), Lessie (own..fofa e amorosa), Dama e o Vagabundo, Bidu, Snoopy.

6. Gatos são sinônimo de elogio
Te chamar de gata é elogio, de cadela é xingamento.

7. Gatos não despendem tempo
Você em pleno século XXI, tem uma rotina intensa e não pode dar ao animalzinho o carinho e atenção que ele necessita? Sem problemas, o gato fica satisfeitos com o que você tem a oferecer, não vão ficar choramingando por uma bolinha.

8. Everybody wants to be a cat!
Aristogatas versus 101 dálmatas, alguém duvida que os primeiros são mais interessantes? Em vez de um monte de cachorros aprontando AS MESMAS coisas que a Lessie, Bethoven, Pluto, etc aprontaram, os gatos são músicos, tem personalidade e são inteligentes. Todo mundo se identifica com o Garfield, por exemplo. Quem nunca quis a habilidade e agilidade felina?

9. Gatos são mais fáceis de dar nome
Você pode chamar um gato de Bigodudo, fica legal. Agora para um cachorro fica esdrúxulo. (dica do Paulo)

10. Gatos são autolimpantes
Somente em raros casos precisam de um bom banho. Mas nunca fedem como um canino.

Entrevistey a Lia

Momento cor-de-rosa geek do blog: Lia Camargo tem 26 anos, é blogueira e editora de arte web da Capricho.


Lia em números: 3.674 seguidores no blog JustLia com mais de 40 mil acessos diários, 19.036 seguidores no Twitter, além de postar também no: Dolls, CuteKitty, TechGirls e no seu Flick.

Bom, apesar de tantos números, tantos perfis no orkut, centenas de comentários por post, todo esse carinho da galera só fazem dela uma garota mais gentil e gente boa (esse negócio de se achar e ficar falando só de si não é com ela). Ela inspira milhares de garotas diariamente com os looks do dia, as tendências, falando sobre tecnologia, novidades e fazendo promoções super legais no JustLia.


Confiram abaixo a entrevista via e-mail:


1. O que você mais gosta no JustLia?

Tudo! haha é que nem perguntar o que a mãe gosta no filho!
Só ‘tou com birra do layout que já enjoou.


2. Onde você encontra inspiração para criar os looks e as matérias sobre moda?

Eu leio muitos blogs, muitos sites e muitas revistas. Além disso, trabalho num ambiente muito legal, com pessoas estilosas, é natural que a gente preste mais atenção nessas coisas.


3. Qual foi o efeito do Twitter na sua vida virtual? O blog cresceu mais com o Twitter?

O Twitter me ajuda a trazer um público diferente para o blog, pq lá sou seguida por muitos homens e meninas mais novas (por causa da Capricho). Com certeza ele teve relevância no crescimento do blog.


4. O que você acha das suas leitoras? A opinião delas é importante para o blog?

Minha relação com as leitoras que estão sempre comentando é sentir que elas são minhas amigas [que fofa]. Quando alguma some por um tempo eu estranho. Acho que o blog tem esse ponto muito legal, onde em vez de só dar as minhas dicas e opiniões, eu recebo muitas dicas das leitoras.


5. E você é leitora de outros blogs? Tem algum para nos recomendar?

Pra mim é difícil dizer os meus favoritos pq eu acompanho mais de 400 blogs, mas posso citar algums muito bons: Plastic Fantastic (sobre Melissa), Desmotivado (humor), Katylene (famosos) e Mão Feita (esmalte e unhas).


6. E para te conhecermos melhor, fale para nós 4 coisas que você adora na internet, e 4 coisas que você detesta.

Adoro: Conhecer pessoas, ler blogs bem feitos, Gmail e Twitter! Haha

Detesto: site em flash, gente que apronta pq acha que está “escondido”, gente que bloga copiando outros blogs (pra que fazer um blog se vc vai copiar outros?? tsc tsc) e blog e site com música!

Leitores, acho que além de conhecer melhor a Lia, também recebemos algumas dicas legais para o blog, não é mesmo? Se você ainda não a conhecia, dê uma passadinha no JustLia ^^ O único perigo em acessar é ficar viciado como eu.


Geeks, não esqueçam de garantir sua participação na Promoção Nerd com a RedBug. Você pode levar uma linda camiseta!

Kawaii!



Esqueci de postar essa história. Como sempre, vamos começar do começo..hehehe


É um mistério para mim como que os homens podem achar que é agradável chamar as mulheres que passam por eles de princesa, gatinha, e outros adjetivos que eu acho que mais reduzem a condição da mulher de um ser pensante à um saco de carne, do que trazem à memória o quão bela fisicamente ela pode ser.

Resumindo: cantadas não me fazem sorrir. Dependendo do indivíduo, me fazem rir, mas não por simpatia e sim por escárnio mesmo.


Eu não gosto de me sentir como um frango no forno do açougue sendo observado por uma porção de cachorros esfomeados.

Porém finalmente uma cantada me fez sorrir. Aconteceu semana passada, mas ganhei meu dia!


Surpreenderam-se? Agora apresento-lhes a realidade:


Indo para a faculdade no mesmo horário que as crianças são levadas à escola, passa um carro, e uma menininha de uns 4 anos de idade olha para mim e fala, com uma voz meiga (que só as menininhas dessa idade tem!):


– Oi bonitinha!


Ahhhhh..me derreti! Foi muito fofo! Muito muito! Desse jeito fiquei sorrindo o resto do dia ^^





(kawaii = expressão japonesa similar à fofinho, cute)