Double Facepalm Day

Todos sabemos que muitas pessoas não cresceram mexendo na internet e/ou nunca fizeram um básico cursinho de office+explorer. Com certeza a ignorância alheia deve ser respeitada e compreendida, afinal tem tantas coisas que não sabemos lidar, não é mesmo? Nem por isso as pessoas riem da nossa cara e nos chamam de idiotas.

Eu já vi gente escrever endereço de email assim: jess anderlaine veridiana arroba gêmeio ponto com ponto bê erre (só separei para que vcs compreendessem). Me corrijam se estiver errada, mas antes dos anos 1990, ninguém nunca tinha ouvido falar de underline (o famoso _ ) nas escolas ou até mesmo no trabalho. E arroba (o famoso @) era medida de peso de boi. Claro, que chamar @ de arroba, quando é um simples at, é uma das comédias da língua portuguesa, afinal, somos bonitos demais.

Então, comprovado meu respeito em relação às pessoas menos instruídas no campo digital, vou contar a historinha de hoje. Uma pessoa bonita fez uma solicitação e pediu que eu lhe enviasse o arquivo por email. Até aí, tudo ótimo, afinal só de pensar na palavra fax, já me dá preguiça (sério, até hoje as pessoas usam isso, eu não acredito).

AVISO: O ENDEREÇO DE EMAIL ABAIXO BEM COMO O NOME DA PESSOA SÃO FICTÍCIOS.

A pergunta era simples: qual é o seu endereço de e-mail?

A resposta: O meu email é Casa Wanderson Trabalho cê, dáblio, tê, arroba gmail ponto com

Eu entendi que o arquivo deveria ser enviado para casawandersontrabalhocwt@gmail.com, você também teria entendido isso?

Quando abro o arquivo de cadastro e encontro o email da pessoa: cwt@gmail.com, eu fiz esta cara:


E então, ignorância tem ou não tem limite? Que idéia fantástica foi essa de me contar o significado das iniciais? QUEM FOI QUE PERGUNTOU?

Materializando a minha vontade: clique aqui.

Anúncios

Poderes femininos

Já ouviu falar que mulher tem um jeitinho especial de conseguir as coisas?

Tirinha encontrada aqui.

Confesso que detesto esse lance de “jeitinho”. Uma vez um moço deu o xerox de graça para uma guria de decote que estava fazendo graça com ele, segundo ele, porque ela só tinha uma nota de 5 reais e seria uma “bobeira tirar 20 centavos de 5 reais” pois assim ele ficaria sem troco.
Eu era a próxima da fila, quando eu (nerd, 4 olhos) fui tirar um xerox eu só tinha 5 centavos em moeda, e 10 reais em nota. Ele não fez por 5 pra mim, mas deu de graça pra fresca. Mundo injusto? Depois vem nego dizer que eu não deveria comemorar o Nerd Pride. Mas entre o Nerd Pride e o Decote Pride, eu prefiro ser nerd a ser safada.

25 PASSOS PARA FAZER UM PROGRAMA DESGRAÇADO E ARRUINAR A VIDA DO SEU CLIENTE

1. Crie um programa e passe por todo o universo fazendo propaganda de o quão bom e o quão superior ele é.
2. Não só faça propaganda, disponibilize uma versão de teste online para nego ficar doido.


3. Após comprovada a sua superioridade diante dos demais softwares no mercado, coloque um preço engraçadinho.
4. Tenha um site de ótima aparência e facilidades no pagamento, para deixar seu cliente apaixonado.

5. Esconda por trás dele 3 atendentes de marketing macabros e prontos a fazer do cliente a pessoa mais infeliz do universo.

6. Mande o cd de instalação para o cliente.

7. Ao abrir o CD, o cliente fará a famigerada LOLFACE de alegria por finalmente poder gozar dos direitos mágicos e recursos brilhantes do seu programinha.


Cliente praticamente satisfeito.

8. Sacaneando o cliente, parte I: o CD mostra um código de instalação de 3,758940358 x 10³ dígitos, e atente para que o código naõ tenha espaços nem pontuação. Isso facilitará a visão do cliente, e não é este o seu objetivo, certo?
9. O cliente deverá enviar o código de instalação para a empresa de software por email.

10. Essencial: PROÍBA o cliente de dar ctrl C + ctrl V no código. Assim ele terá que copiar número por número de um código semelhante a este: 5430987508943750893475809734985743987598347589734895793847598347897564589443
9448598461

11. Faça o cliente aguardar pacientemente por uma contra-senha para efetuar a instalação do programa. Enquanto isso seus atendentes poderão fazer as unhas, jogar Pac Man no Google, etc…
12. Deixe o cliente esperando, até que ele necessite do atendimento online.

O lema de do atendimento em todo CallCenter.

13. Nunca deixe ninguém online para fazer o atendimento online. Isso obrigará o cliente a usar o TERRÍVEL e macabro atendimento do telemarketing.

14. Só para fazer um carinho no cliente, não tenha nenhum 0800. Clientes AMAM de paixão pagar DDD para resolver problemas que VOCÊ mesmo causou a eles. Quem mandou eles quererem comprar, não é mesmo? E você é a melhor alternativa, eles não tem escolha.

15. Ao atender, seja muito patético. Chame o cliente de sr/sra, e diga amigavelmente “posso ajudar?”. Se o cliente ficar nervoso, responda com uma calma superior ao nervosismo dele. Entre em alfa, cante uns mantras à la Sandy ♫ Pela verdade e pelo seu poder, paz, amor e harmoniaa ♫

16. O cliente achará que basta que você envie a ele a contra-senha. Mas não, pergunte o sistema operacional do cliente e mande instruções pra que ele altere algumas configurações em seu computador.

17. Após feitas as mudanças, peça ao cliente que reenvie o novo código de acesso que foi gerado. Sim, o cliente deverá digitar novos números sem ctrl C + ctrl V novamente, em um código semelhante a este:

65494984945672983413986454896454764598687689749344592321216498241

18. Faça doce só mais um pouco e diga ao cliente que já enviou a senha para o email dele. Faça ele te ligar mais duas ou três vezes, e então diga que a senha será enviada só dentro de 15 minutos. (perai, ele não falou que já tinha enviado?).

Eu não tinha enviado nada, era brinks só pra ver se você estava atento.

19. Quando finalmente a contra-senha chegar, copie a senha, sem ctrl C + ctrl V novamente, para a área destinada. Mas ATENÇÃO: desta vez a senha virá cheia de letrinhas também. Mas só aquelas que você não consegue distinguir dos números. Portanto, copie um código semelhante a este:
A4A4A44A4A4A4A44A4A4A4A44A4A4A4A44A4A4A4A4I1I11I1I1I1I11I1I1I1I1I1I1I1I1I1I1I1I1I


20. Claro, com uma senha dessas, o cliente levará um tempinho para acertar.

21. Quando finalmente o programa abrir e o cliente ver o arco íris do Robot Unicorn Attack e achar que todos os sonhos dele já foram realizados, aguarde, este é o golpe final:

Cliente achando que desta vez estava tudo pronto.

22. O cliente está quase tendo acesso ao programa, então você coloca uma área com USUÁRIO e SENHA. Nunca passe esses dados para o cliente, viu? Ele não terá esses dados no cd de instalação, nem no site ou em email algum. Deixe ele p…. da vida, pois este é o melhor.

23. Suma de atendimentos online e não responda a emails, lembre-se: a estratégia do atendimento via telemarketing é a melhor.

24. Faça o cliente te ligar e te pedir com lágrimas nos olhos o usuário e a senha. Faça uma cara de “engraçadinho” e diga que este dado foi passado no CD de instalação. XD Todavia, passe o usuário e senha a ele, não esqueça de deixar claro que ele foi um idiota desatento que só te liga para fazer perguntas idiotas.

25. Deixe o cliente obter acesso ao programa.

Esta é uma história real e aconteceu comigo ontem.

Eu não sabia que boneca andava!

Como sempre, a introdução do mal:

O que é cantada? Abri o dicionário VeryJess que informa:

Cantada é a maneira de um homem expressar a alegria que é ver uma mulher cujo corpo ele gostou, sendo que o gosto é manifestado à proporção da alegria de um cachorro que vê um belo frango assado no açougue. Quanto maior o frango, maior a alegria.
Só que esta equação não é tudo, também deve-se considerar o grau de feiura do homem elevado à falta de noção dividido pelo poder aquisitivo. Desta forma, a equação fica:

Conclusão desta equação:

1. Para receber cantada não precisa ser linda, flor! Basta ser mulher e estar viva (em alguns casos nem isso é necessário).
2. Homens lindos raramente passam uma cantada, eles já estão muito ocupados pra ficar “pedreirando” por aí.
3. À falta de noção podemos acrescentar também variáveis como: dorgas, álcool, síndrome do “meu time ganhou”, e a famosa depressão de “Ela me deixou, to doido por qualquer uma”.
4. Infelizmente mulheres interesseiras existem. Garanto também que é raro um homem rico passar cantadas indecentes, já que ele normalmente chama a atenção das interesseiras, por isso o quesito Poder aquisitivo foi acrescentado como um potencial gerador de cantada.
Resumindo: quanto mais feio, pobre e mal acabado mais o bicho vai te chamar de Princesa na rua.

Este post foi dedicado ao negão flamenguista que veio pro meu lado ontem, enquanto eu inocentemente fazia minha caminhada. Este é o lado ruim de ser mulher: pequena, frágil, magrela e uma leiga em qualquer tipo de luta ou arte marcial, eu ameacei a sair correndo, mas ainda bem que ele não veio para o meu lado, pois eu não ia conseguir correr.
P.S: Não é pq o flamengo ganhou ontem que eu vou comemorar com qualquer bêbado doido que vir para o meu lado, certo?
P.S2: Eu não sou flamenguista.
P.S.3: Papai Noel, neste Natal eu quero ganhar um spray de pimenta. Eu fui uma boa menina o ano todo, mas se vc quiser me dar carvão tb, eu mando PREDADA de carvão povo de boa 😉

Arrependimento inevitável

Primeiro, de onde veio esse conceito?

Já se arrependeu de ter clicado em algum link que: começa a tocar músicas altas e ridículas, mostram um conteúdo pornográfico que você não esperava, ou então abrem 21 pop-up piscando sem parar que nem seu filtro de pop up consegue eliminar?


Então leitores, tem algumas coisas na vida que são como esses links, simplesmente não dá pra evitar de ver/ouvir e então só fica aquele arrependimento. Eis a lista:

  1. Frases nojentas de banheiro público

A minha facul é limpinha, uma gracinha. Mas essa maníaca por ler nunca poupa nada que tenha letrinhas e surja diante dos seus olhos!

Sobre essas frases, eu só acho uma coisa: essas pessoas com problemas de identidade sexual ou então que gostam de manifestar suas vontades por favor usem a internet para isso! Eu não preciso saber o que rola nessas mentes insanas…

  1. Ter dado o seu e-mail para aquela pessoa chata amigável

Sabe aquele momento em que alguém pede um material que você pode disponibilizar e então você envia por e-mail para a pessoa? Era para ser somente uma gentileza sua. A pessoa agradece, e então ela conseguiu seu e-mail PARA SEMPRE! Sempre que precisar ela vai te mandar e-mail com pedidos, e ela precisa SEMPRE!

  1. Abraços pegajosos

Abraçar forte é muito gostoso, porém só é bom quando isso é desejado por ambas as partes. Sabe aquelas pessoas altamente intensas que onde te encontra dá aquele abração?

Pior é a gracinha de apertar a mão bem forte. Pra quem tem tendinite, ISSO NÃO TEM A MÍNIMA GRAÇA. Quer apertar, machão? Tenta a mão da tua mãe =D

  1. Olhar para “OI”

Te chamam sempre de antipática porque você nunca vê as pessoas que te cumprimentam? Faça igual a mim, olhe sempre para os OIs que ouvir, e perceba quem nem todos são para você, ou pior, são daqueles mala que te acham uma graxinha!

  1. Simpatia Extra

Você já deu bom dia para alguém e a pessoa ficou extra-happy? Ou então depois daquilo ela fica querendo ser sua amiga? Ah, simpatia não é compromisso, não sei por que motivos as pessoas se apaixonam com um simples “oi”. Mas essa comunidade pode esclarecer muita coisa, ou não.

Bom, eu garanti mais um post xarope, neh? Estou terminando uns livros e não esqueci dos posts que prometi. Aguardem. Enquanto isso, clica ali do lado e participa da promoção nerd!

A prolixidade feminina


Uma divertida conversa no msn trouxe a luz deste post. Vamos falar sobre o hobby feminino de falar.


Após trabalhar em diversos lugares com homens e mulheres eu percebi que há uma real necessidade feminina de falar para se sentir bem e segura. E pensem antes de criticar, este post não é nada machista mesmo. Trata-se das minhas experiências com a prolixidade.

Vamos exemplificar, um recado precisa ser dado: o João precisa ligar para mim.

Um homem diria: Jessica, peça ao João que me ligue, ok?

Jess: ok.

Fim da história.

Agora é a vez da mulher.

Mulher: Oi Jessi, deixa eu te avisar: ontem o João fez um orçamento para mim, porém não foi o que eu queria sabe? Eu tinha pedido pra ele fazer um orçamento até R$ 1,500 e ele fez um de R$ 1,700. A diretoria não vai aprovar, sabe? Então menina, fala pro João me ligar pois temos muito a resolver. E olha, ele tem que me ligar hoje, do contrário eu estou enrolada. Ah Jess, você não faz idéia do quanto é importante que eu tenha esse orçamento em mãos até amanhã de manhã. Você lembra o João para mim? Fala que é urgente? Ah, e diga que é muito importante o que tenho a dizer. Você viu, não é? Se eu ficar sem esse orçamento, não vou ter o que apresentar amanhã. Ai menina, me ajuda viu. Você não esquece não, né? Você anota meu telefone, caso ele não tenha? Eu sei que ele tem, ele me ligou hoje, mas quem sabe perca, não é? Temos que garantir. Então não se esqueça tá?

Jess: hm, ahan, sim, ahan, hm, sei, aham, sim. hm.. hm..ok ok ok ok (e a cabeça começa a doer..).

Vocês já passaram por isso? É cansativo, você quer desligar o telefone, a pessoa não deixa. E quando deixa ela faz umas 20 despedidas diferentes… zzz. zzzz..ZZZZZZ…

Esse tipo de pessoa é quase o Macaco Louco!

Eu gosto de resolver as coisas com mais agilidade. Mas é ruim quando os homens agem pelo sistema “curto e grosso”, não é mesmo? No entanto, isso não dá dor de cabeça.

Agora, pior do que a prolixidade feminina, é a MASCULINA. Mas vou deixar as coisas bem claro, uma coisa é uma pessoa que tem muito conteúdo para dispensar, e outra é uma pessoa que dissolve o conteúdo em 70 litros de água e não para de falar nunca e nunca chega no ponto. Conversar é muito legal, mas se você falou por 5 minutos incessantemente e a boca está espumando já a outra pessoa pode estar querendo sair correndo. Veja se os pés dela apontam para a saída mais próxima #fikdik

Prolixidade em mulher é característica, em homem é defeito.

Será que você é um gerador de lerolero automático? Será q eu fui muito prolixa neste post?

Mudanças ocorrem

Inesperadamente, tive que ir a Udia, e então eu fiz uma mochila em 5 minutos. E sim, caros leitores, eu fui viajar com uma mala que caberia tranquilamente em uma sacolinha de supermercado.

Quem já viu minhas malas ou já viajou comigo tem noção do tamanho desse milagre. Passei 3 dias com a mochilinha e sobrevivi. Depois disso posso começar a sonhar em virar mochileira pra conhecer a europa *.*
Ameeei ter ficado na casa dos irmãos, eles são mto especiais. Pena eh visitar essa cidade quando 90% dos meus amigos não estão lá =/
Saudade de todos, voltem e me contem tudo dessa conf!

Não aprendi dizer adeus…rs

Devo reafirmar que não sou o sucesso com as crianças menores de 6 anos. Porém mais uma vez eu fiz uma conquista! O priminho de uma amiga-irmã minha se encantou por mim! Ele tem 5 anos.

Pelo breve tempo em que estive na casa dele, ele brincou comigo, se divertiu, morreu de rir.

Porém 10 minutos depois eu tive q ir embora, então disse a ele q outro dia iriamos brincar mais. Segue o diálogo:

– Tchau Felipe, outro dia eu volto pra brincar mais com você ^^

Felipe não fala nada, me olha com seus olhinhos verdes, estende a mão. Eu simpaticamente estendo a minha para um aperto de mão (é, pensei q criança conhecia isso..rs). Eis que então ele fala:

– Você vai ver só.

E me manda um quase tapa, que seria um tapão se eu não tivesse segurado akele bracinho. Eu tento reagir à fera:

– Que isso Felipe, eu sou sua amiga. (não pensem q eu converso com criança fazendo voz de bichinho).

– Eu sei lutar!

E então ele começou a me dar golpes e mais golpes e depois disso tudo, ele disse:

– Tchau anta.

O.O…dá pra entender um negócio desses?

Aí no final, ele fez uma carinha de tristinho e deu tchau pra mim, que já estava dentro do carro…

Experimentos.. no leite, e em mim.

Na última sexta-feira, tornei a ter o prazer de trabalhar no laboratório de análise quimica dos alimentos. 12 horas nunca passaram tão rápido! Foi muito bom.

Porém, como uma boa desastrada, eu não poderia deixar de honrar esta característica célebre, e tornei a cometer meus errinhos.

Para análise de gordura no leite, o método que utilizo inclue colocar em um butirômetro (vidrinho..hehe): leite, ácido sulfurico e álcool isoamílico. E a principal dica é: fechar BEM o butirometro. Após o procedimento, deve-se agitar bastante o tal vidrinho, para que leite e ácido reajam.

Esse agitar, provoca uma reação que libera muito calor, o vidro fica muito quente. Então é recomendado agitar sem ficar olhando para o vidro neh, caso a rolha estoure, você naõ vai jogar ácido nos olhos.

Eu nunca presenciei a rolha voando e o ácido indo na pessoa. Bom, ontem eu descobri exatamente como é! Uma rolha se rompeu, e como eu naõ estava olhando pra ela, continuei agitando…e como em todo experimento que eu vi na TV, eu esperava que o ácido fosse corroer meus dedinhos, e eles fossem ficar verdes, e derreter.. hahahaha

Isso não ocorreu, para mim foi: caiu uma “água” quente na minha mão, eu assustei, lavei ela e continuo com os 5 dedos em perfeito uso! rsrsrs

Ah, e o experimento não virou nada! A gordura não apareceu, creio que terei que mudar deste método para um mais chatinho de fazer…